• 44 98813-1364 / 44 3123-6000
  • contato@iefap.com.br
  •  


Dez dicas para evitar o endividamento


 

PIB do Brasil encolheu 0,6% no segundo trimestre de 2014
Resultado mostra que os brasileiros têm dificuldade em cortar gastos

O IBGE divulgou no dia 29 de agosto o resultado do PIB do segundo trimestre de 2014, que apresenta uma queda da atividade econômica brasileira de 0,6%.

O IBGE reviu também o resultado do primeiro trimestre: em vez de uma expansão de 0,2%, houve uma queda de 0,2%. Com dois trimestres seguidos de desempenho negativo, o país entra tecnicamente em recessão.

Quando os preços disparam e a situação aperta, o jeito é cortar gastos. A comentarista de economia Flávia Oliveira afirma que é preciso sacrificar despesas consideradas não essenciais, mas muitas pessoas têm dificuldade de identificá-las.

“As pessoas têm muita dificuldade de identificar as gorduras que podem ser queimadas nessas despesas. As pessoas estão tendo enorme dificuldade de abrir mão do bem estar de consumo conquistado, adquirido nos últimos anos”, comenta.

O resultado do segundo trimestre veio pior do que os analistas esperavam. As previsões eram de queda de 0,4% sobre o primeiro trimestre e de queda de 0,6% sobre o segundo trimestre de 2013 (-0,9%).

No primeiro semestre, o Brasil cresceu 0,5% sobre o ano passado - o pior primeiro semestre desde 2009 (-2,6%), que sofreu uma forte queda após a crise nos EUA. Nos quatros últimos trimestres, o crescimento acumulado é de 1,4%.

Na Utilidade do Dia de hoje, confira dez dicas da comentarista de economia Flávia Oliveira para evitar o endividamento:

1. Anote, mês a mês, todos os rendimentos e todas as despesas;
2. Não compre nada supérfluo antes de pagar as contas fixas (aluguel, condomínio, luz, água, gás, telefone);
3. Saia sem cartão de crédito, para evitar compras por impulso;
4. Faça (e respeite) listas de compras quando for ao supermercado e ao shopping;
5. Pague a fatura do cartão integralmente, para não pagar juros no rotativo;
6. Evite financiamentos com juros;
7. Fuja do cheque especial, pois, junto com o cartão de crédito, é a linha com juros mais altos;
8. Planeje as compras de bens de alto valor. De preferência, faça uma poupança para comprar à vista ou dar a maior entrada possível;
9. Controle os gastos do cônjuge e dos filhos;
10. Mantenha uma folga no orçamento para gastos extras com remédios, impostos, material escolar, impostos e multas.

Fonte: http://g1.globo.com/globo-news/noticia/2014/08/confira-dez-dicas-que-ajudam-evitar-o-endividamento.html

_______________________________________________________

FAÇA SUA PÓS-GRADUAÇÃO NO IEFAP

CLIQUE NA IMAGEM PARA SABER  MAIS SOBRE OS CURSOS

MAIS INFORMAÇÕES:

(44) 3123-6000 ou (44) 98813-1364 (WhatsApp)

contato@iefapcursos.com.br



Compartilhe!


Leia também