• 44 98813-1364 / 44 3123-6000
  • contato@iefap.com.br
  •  


Susan Boyle: uma estrela mundial com síndrome de Asperger


 

\

Susan Boyle, a mulher que se tornou famosa no programa Britain’s Got Talent, vive diariamente com a Síndrome de Asperger, um transtorno do espectro autista, diferenciando-se do autismo clássico pelo portador conseguir falar de uma forma compreensível.

Uma jornalista do Daily Mail acompanhou a cantora numa ida a um restaurante e testemunhou os ataques de fúria, as ‘birras’ feitas por Boyle por pequenas coisas, como a falta de cebola no prato. Muitos poderiam pensar que se trata de uma atitude de diva, mas é, de fato, uma consequência da síndrome.

O diagnóstico só foi feito o ano passado. Antes, todos (incluindo a própria Boyle) atribuíam o seu comportamento excêntrico e imprevisível ao fato de ter tido problemas de oxigenação no cérebro durante o nascimento, explica o Daily Mail. As pessoas que vivem com Asperger têm dificuldades em comunicar e, ao aperceberem-se que não estão sendo entendidos, ficam estressados e, por vezes, comportam-se de forma agressiva. Muitos acabam por se isolar e evitar qualquer tipo de convívio.

Mas quando se trata de uma estrela mundial, é difícil evitar os fãs, as câmaras e os jornalistas. “Nunca fico irritada quando estou em palco. Quando saio de lá acontece muitas vezes, mas eu estou conseguindo lidar com isto porque já sei o que é. Se sinto que vou ter uma mudança de humor repentina, levanto-me e saio da sala”, explicou Susan Boyle à mesma publicação. Mas como é que a cantora sabe que está prestes a ter uma mudança de humor? “Sinto uma sensação de pânico, de não querer estar ali. Fico deprimida. E depois saio. Sozinha. Mas acabo sempre voltando para os outros”, descreve Boyle.

Para além disso, é típico os Aspergers terem problemas em estabelecer contacto visual – ou não conseguem encarar a pessoa que está a sua frente, ou olham fixamente. Já para não falar das frases bizarras que dizem – para quem está ao pé deles não têm a mínima lógica, mas para os Aspergers fazem parte de um mundo que se desenvolve só na sua cabeça. Por exemplo, a meio da entrevista ao Daily Mail, Boyle gritou “Sou a mãe do King Kong”, sem que esta frase viesse a propósito do que se estava falando anteriormente.

A sua equipe tem conseguido minimizar os danos dos seus ‘episódios’, como lhe chamam. Estes costumavam ser atribuídos ao cansaço e ao stress que a cantora sentia. Mas a verdade é que esta é, pura e simplesmente, a forma como Susan Boyle vive a sua vida – uma vida simples e de estrela ao mesmo tempo. Relembre, abaixo, o vídeo que deixou Susan Boyle famosa:

Fonte: http://www.sol.pt/noticia/118527

____________________________________________________________________________________________________

PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE MENTAL E PSIQUIATRIA

PARA PSICÓLOGOS, MÉDICOS, ENFERMEIROS, NEUROLOGISTAS E DEMAIS PROFISSIONAIS DA SAÚDE

MAIS INFORMAÇÕES:

(44) 3123-6000 ou (44) 98813-1364 (WhatsApp)

contato@iefapcursos.com.br

Compartilhe!


Leia também

Acupuntura ajuda a parar de fumar

Especialista explica porque a técnica pode influenciar fumantes a largare...

Especialista explica porque a técnica pode influenciar fumantes...

Especialista explica porque a técnica pode influencia...

saiba mais