• 44 98813-1364 / 44 3123-6000
  • Av. Adv. Horácio Raccanelo Filho, 5620 - Térreo
  • contato@iefap.com.br
  • 44 98813-1364
  • Cedro Hotel - Av. Juscelino Kubitscheck, 200
  • contato@iefap.com.br
  • 44 98813-1364
  • Rua David Caldas, 90 - 1º Andar
  • contato@iefap.com.br
  • 44 98813-1364 / 91 3266-3100
  • Trav. Mauriti, 1771A - Pedreira
  • contato@iefap.com.br
  • 44 98813-1364
  • contato@iefap.com.br
  • 44 98813-1364
  • Espaço Ideal Campinas - R. Romualdo Andreazzi, 677
  • contato@iefap.com.br
  • 44 98813-1364
  • Colégio Padre José Nilson - R. Coronel Manuel Jesuíno, 225 - Mucuripe
  • contato@iefap.com.br
  • 44 98813-1364
  • Avenida Juracy Magalhães Jr - Edf WA Empresarial Sl. 106 - Rio Vermelho
  • contato@iefap.com.br
  • 44 98813-1364
  • SRTVS 701 - Edifício Palácio do Rádio III - Sls 101 a 106
  • contato@iefap.com.br
  • 44 98813-1364
  • Instituto Paulista de Ensino em Medicina - R. Tobias de Macedo Junior, 246
  • contato@iefap.com.br
  • 44 98813-1364
  • contato@iefap.com.br

Cultural Ingá traz exposição da série artística ‘Fugacidade’

A exposição “Fugacidade”, assinada pelo artista visual Tadeu dos Santos, está disponível para visitação no hall de entrada da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim). Com a produção por meio da reciclagem, a série reúne fragmentos, recortes e texturas em quadros e instalações feitos a partir de materiais reaproveitáveis, como tecidos e espumas. “O que é descartável pode ser um instrumento de transformação, e isso tem a ver com a lógica da minha série”, afirma o artista.

A intenção, segundo ele, é trazer para discussão o fenômeno da urbanização e de que forma isso está promovendo grandes transformações nas cidades, não especificamente em Maringá, embora a Cidade Canção tenha pequenas menções nos quadros abstratos e de cores quentes.

O título das obras são termos técnicos do ramo da engenharia – “Geminadas” e “Volumetria”, por exemplo – e o nome Fugacidade parte do princípio de ter a cidade como um objeto de análise, algo transitório. “É uma metamorfose constante e isso é parte da memória, pois ou se tem algum tipo de trabalho ou registro fotográfico ou não se terá mais nada”, acrescenta.

A exposição “Fugacidade”, que é uma ação de fomento à cultura promovida pelo Instituto Cultural Ingá, fica em cartaz na Acim até o dia 28 de novembro.

 

Leia também