• 44 98813-1364 / 44 3123-6000
  • Av. Adv. Horácio Raccanelo Filho, 5620 - Térreo
  • contato@iefap.com.br
  • 44 98813-1364
  • Cedro Hotel - Av. Juscelino Kubitscheck, 200
  • contato@iefap.com.br
  • 44 98813-1364
  • Rua David Caldas, 90 - 1º Andar
  • contato@iefap.com.br
  • 44 98813-1364 / 91 3266-3100
  • Trav. Mauriti, 1771A - Pedreira
  • contato@iefap.com.br
  • 44 98813-1364
  • contato@iefap.com.br
  • 44 98813-1364
  • Espaço Ideal Campinas - R. Romualdo Andreazzi, 677
  • contato@iefap.com.br
  • 44 98813-1364
  • Colégio Padre José Nilson - R. Coronel Manuel Jesuíno, 225 - Mucuripe
  • contato@iefap.com.br
  • 44 98813-1364
  • Avenida Juracy Magalhães Jr - Edf WA Empresarial Sl. 106 - Rio Vermelho
  • contato@iefap.com.br
  • 44 98813-1364
  • SRTVS 701 - Edifício Palácio do Rádio III - Sls 101 a 106
  • contato@iefap.com.br
  • 44 98813-1364
  • Instituto Paulista de Ensino em Medicina - R. Tobias de Macedo Junior, 246
  • contato@iefap.com.br
  • 44 98813-1364
  • contato@iefap.com.br

MEDICINA: Novo reator nuclear dará autonomia ao Brasil na produção de radioisótopos

Com a inauguração, prevista para 2018, do primeiro Reator Multipropósito Brasileiro (RMB), proposto pela Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen), o Brasil alcançará autossuficiência na produção de radioisótopos e fontes radioativas usadas na medicina nuclear. Atualmente, o reator IEA-R1 do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN), localizado em São Paulo, é o principal responsável pela produção nacional de radiofármacos, que viabilizam a realização de cerca de 2 milhões de procedimentos médicos de diagnóstico e tratamento por ano - principalmente nas áreas de cardiologia, osteologia, oncologia e tireoide.

O RMB colocará o Brasil em um seleto grupo de países com autonomia na produção de radioisótopos. Isso inclui o tecnécio-99, um radioisótipo derivado do molibdênio-99 (Mo-99), cuja demanda mundial hoje é atendida, basicamente, por apenas quatro reatores nucleares de pesquisa de grande porte - localizados no Canadá, na Holanda, na África do Sul e na Bélgica. Com a autossuficiência, o Brasil dará um passo importante na área de medicina nuclear, que hoje já permite realizar exames para o diagnóstico de tumores, doenças cardiovasculares, função renal, problemas pulmonares e neurológicos, entre outros.

Programas como esse foram apresentados - e debatidos - na INAC 2015 (International Nuclear Atlantic Conference), evento promovido pela Associação Brasileira de Energia Nuclear - ABEN, que aconteceu entre os dias 4 e 9 de outubro. Com o tema “Programa Nuclear Brasileiro: Política de Estado para um Desenvolvimento Sustentável”, a conferência contou com a participação de delegações de 20 países, autoridades brasileiras e internacionais, além de especialistas e profissionais do setor de energia nuclear. 

Fonte: http://www.segs.com.br/saude/61682-novo-reator-nuclear-de-grande-porte-dara-ao-brasil-autonomia-na-producao-de-radioisotopos-para-uso-medico.html

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

PÓS-GRADUAÇÃO NAS ÁREAS DE IMAGENOLOGIA E ONCOLOGIA

CLIQUE ABAIXO NO CURSO DE SEU INTERESSE E SAIBA MAIS SOBRE O CURSO OU CLIQUE AQUI PARA CONHECER OS DEMAIS CURSOS:

  

 

MAIS INFORMAÇÕES:
www.facebook.com/pos.iefap

 (44) 3123-6000 e (44) 98813-1364
contato@iefapcursos.com.br

Leia também